Abdominais e a corrida

Na corrida, fortalecer o core (centro de força do corpo) é tão importante quanto fortalecer as pernas. Estes músculos são responsáveis pela estabilização da coluna, logo, interferem na postura e no equilíbrio durante a corrida. Entendemos como core os músculos abdominais, lombar e quadril.

Os abdominais possuem basicamente as mesmas estruturas dos demais músculos do corpo, portanto, não faz absolutamente nenhum sentido realizar treinos diferentes para eles. Vejo pessoas fazendo séries malucas de abdominais, com 50 ou 100 repetições achando que isso traz mais resultados, mas vejam, se quando treina peito ou costas você não faz séries com essa quantidade de repetições qual o sentido de treinar abdominais assim?

Meus treinos de ABS são intervalados com pelo menos um dia de descanso, lembrando que o músculo só “cresce” quando esta em repouso, não quando está sendo estimulado. Faço sempre 4 séries de no máximo 30 repetições, com 4 variações de exercícios. Procuro intercalar o ABS com os treinos de tiro na planilha quando é possível, e sempre faço o ABS antes do treino de corrida do dia.

No vídeo abaixo mostro um de meus treinos, com exercícios que trabalham praticamente toda a região do core, observando a quantidade de repetições de cada um. Costumo fazer os 4 exercícios em circuito, com intervalo de 1’30” entre cada sequencia.

Meu treino de ABS foi personalizado e traz o resultado que eu espero, podendo não surtir efeito para outras pessoas. Peça ao professor da academia ou treinador que monte um treino específico para você trabalhar a região abdominal, e verá as melhoras estéticas e em seu desempenho na corrida em pouco tempo.

Um abraço e bons treinos!

Author: Cleber Pereira

Share This Post On