De olho no traçado

Lembra daquelas matérias da escola ou da faculdade que você tinha impressão de que nunca mais usaria na vida? Pois é…

Em geometria analítica vimos que a menor distância entre dois pontos sempre será uma linha reta, e não é que na corrida de rua isso faz todo sentido, além de ser super importante!

Deixem o CDF aqui explicar melhor…

lagoa_pampulhaNesse domingo aconteceu a Volta Internacional da Pampulha, que como o nome sugere tem percurso contornando uma lagoa. Observe no mapa ao lado que corremos praticamente o percurso inteiro fazendo curvas.

Nesta ou em qualquer outra prova o traçado da distância oficial sempre será o menor possível (1) naquele percurso, ou seja, caso não preste atenção você pode sem perceber adicionar metros desnecessários que só servirão para acrescentar mais tempo ao seu resultado final.

– Não entendeu? Ok, eu explico!

Partindo do princípio de que a menor distância entre dois pontos sempre será uma linha reta, quando temos uma curva em “S” no percurso da prova devemos correr o mais no meio da rua possível, tentando permanecer em linha reta. Já numa curva normal devemos permanecer o mais próximo possível do meio-fio (calçada). Veja nas imagens abaixo o certo e o errado em cada tipo de curva:
curvas

Portanto, ao se inscrever para uma prova se atente ao percurso oficial divulgado pela organização, verifique a quantidade de curvas (principalmente as acentuadas), memorize suas localizações e as sequencias para que durante a corrida fique bem posicionado, evitando correr distâncias desnecessárias.

Um abraço e bons treinos!

(1) Conforme Item C, Artigo 7º, Norma 10 da Confederação Brasileira de Atletismo – CBAt (veja aqui

Author: Cleber Pereira

Share This Post On