Estratégia de Dividir pra Conquistar

Todo corredor curte a prova, independente de o objetivo ser só desfrutar do percurso, meter o pé pra baixar tempo ou buscar o pódio… enfim, correr uma prova nunca será maçante para um corredor de verdade.

Mas corrida longa – e quando digo longa considero que 5K é muito para quem volta de uma lesão por exemplo – as vezes demora pra acabar, não que seja monótono, mas porque correr por muito tempo pode abrir precedente e a cabeça cria armadilhas para te fazer parar.

Minha primeira experiência nesse sentido foi nos primeiros treinos longos para a maratona… correr por 2 ou 3 horas direto era um prato cheio para pensamentos como: “Pra que isso?”, “Vou fazer só 20 ao invés de 25!”, etc…

Também quando discutimos estratégia de provas, determinar um pace único para a distância e correr continuamente o tempo inteiro é ruim, pois se quebrar antes da metade o tempo ao completar será muito superior ao planejado…

Então o que eu faço? Simples, divido o treino e a prova 😀

Essa é uma prática comum entre corredores mais experientes, treinadores e técnicos… consiste em dividir a distância em 2, 3 ou até quatro etapas que tem parâmetros e metas distintas, com foco no resultado principal. Exemplo:

– Para completar uma Meia Maratona em 1h24m, ao invés de correr os 21K com pace de 4′ eu costumo quebra-la em 3 provas… os primeiros 7K em 29m10 (4’10”), do 8 ao 14K em 28min (4′) e do 15 ao 21K em 26m50 (3’50”). Dessa forma saio mais tranquilo pra sentir como está o corpo, depois aperto um pouco quando já estou aquecido e solto a pancada pra terminar 😀

Depois que comecei a correr Meia Maratona com esta estratégia percebi uma coisa… muitos dos que me passam no início da prova (quando estou mais lento) eu acabo ultrapassando com folga no final, comprovando que sair muito forte ou correr sempre no mesmo pace em provas de média e longa distância é menos eficiente que a divisão com pace negativo.

Lembro que na Maratona do Rio por ser inexperiente tinha muita coisa na cabeça, e resolvi correr a prova inteira pra 4’30″… passei nos 21K com 1h35min cravados, mas a partir do 30 fui quebrando km-a-km e fechei a prova com 3h33min, com 23 minutos acima da meta.

Ao dividir uma prova seja coerente, procure fazer 10K em 2 x 5… 21K em 3 x 7… ou ainda 42K em 2 x 21. Já ví corredores conversando antes da largada planejando fazer a Maratona em 8 x 5K… rsrsrsr isso foge do propósito da divisão de trechos e é até meio engraçado. 

Faça uma experiência independente da distância, em treino ou uma prova, depois me conte como foi.

Um abraço e bons treinos!

Author: Cleber Pereira

Share This Post On