Golden Four Asics

Era minha prova alvo, a oportunidade escolhida pra baixar meu melhor tempo nos 21K (1h25m51) da própria Golden Four Asics em 2013, vim me preparando há pelo menos 2 meses mas infelizmente não deu.

Não vou ficar aqui me lamentando, sabe porque? Porque a corrida é pura meritocracia! Sim, pra baixar tempo e ir mais longe amigo, você tem que merecer! Tem que sair do escritório no final do dia e ir pro treino de tiro, tem que acordar cedo no fim de semana com frio e chuva e fazer o longão, tem que ir pro treino de musculação sem falta, sem perder o foco, sem choro nem vela! Se você não fizer por merecer, não adianta inventar no dia da prova que não vai rolar.

Talvez eu não tenha me esforçado o suficiente, nos últimos meses de treino ou ontem na prova. Talvez tenha ficado com medo da dor que surgiu nos dois joelhos há semana da prova, nunca vou saber. Poucos antes da largada achei que dava, segurei um pace razoável até o 10º KM, mas depois fui minando, com o calor, fadiga muscular, fadiga psicológica… e fechei a prova com 1h29m36. http://connect.garmin.com/activity/556075930

– Mas Cleber… não seja tão duro consigo, 1h24 pra 1h29 nem é uma diferença tão grande!
– Meta é meta amigo, e essa EU não cumpri. Além de ter perdido a vaga na Elite B (sub 1h28) da Golden Four, conquista da qual eu tinha muito orgulho.

Mas sabe, refiz meus passos e cheguei numa solução para atingir esse sub 1h25 e ao mesmo tempo recuperar a vaga na Elite B: “ME ESFORÇAR MAIS E NÃO DESISTIR JAMAIS!”
Então é isso, a meta para o sub 1h25 está mantida, vou treinar mais e com mais foco, cuidando da alimentação, do fortalecimento e principalmente seguindo a planilha a risca… porque eu sou bem mais que esse 5 minutos a mais.

Quero agradecer meu técnico Anderson Jovino e meu preparador físico Daniel Castro pela dedicação que ambos tem comigo, por aguentar minhas maluquices e manias, obrigado de verdade! E o Dr. Felipe Oliveira da clínica Fisionoesporte que socorreu meus joelhos na véspera da prova e me deixou apto a competir, obrigado de verdade Fê.

Um abraço a todos e bons treinos!

Author: Cleber Pereira

Share This Post On